Being Marina

Meu momento “Carla Perez” em 2010 foi…

… ter acreditado que eu precisava de algo externo a mim para ser eu mesma.

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

Meu momento “Paola Bracho” em 2010 foi…

Quem é Paola Bracho? :p                                                                                                            Bem, o google me informou que era uma personagem diabólica.

Depois de pensar muito, cheguei à conclusão de que mereço presente de natal, Sr.Papai Noel, porque fui uma boa menina este ano.  Até as invejinhas que lembro de ter sentido foram invejas brancas, daquelas que você deseja pra si sem querer tirar de ninguém.

Acho que fui boazinha até demais.  :p Vocês sabem o que acontece que gente boazinha demais, né? Pois é…

 

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

Meu momento “Heleninha Roitman” em 2010 foi…

Em agosto, festa na minha casa, eu apaguei no tapete. Mas acho que não fiz nenhum besteira não. Acho…

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

Meu momento “Eu sou Ryka” em 2010 foi…

Olhe, 2010 realmente não foi o ano do dinheiro. Está mais para o ano das dívidas. Mas só para dizer que não respondi, vou citar todas aquelas fugidas no meio da semana para comer sushi no Shopping Boa Vista.  Amo sushi, quando eu for ryka, certamente será meu feijão-com-arroz.

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

E o troféu me mata de orgulho de 2010 vai para…

…Minhas filhas.

Clara tem 7 anos, é muito conscienciosa, cuidadosa, vaidosa, estudiosa e adora rosa (ou seja, toda “osa”).                                                                                                                           Ana tem 5 anos, aprendeu a ler(Não tenho mais ninguém analfabeto em casa, viu, moço do Censo?), adora filmes e música (Fã de Raul Seixas e Vanessa da mata), é super ativa, carismática e esperta.

Então só por hoje vou esquecer as desobediências, as respostas atravessadas e o entusiasmo por Justin Bieber e Lady Gaga  e simplesmente sentir orgulho.

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

E o troféu vergonha alheia de 2010 vai para…

… sem dúvida, Susana Vieira. Por inúmeros motivos:

1o – “Estou numa selva, no fim do mundo. Ô lugar feio! O povo daqui é horrível. Para me comunicar com o Rio  só se for por meio de fumaças e tambores“. Sobre Nova Jerusalém/PE, enquanto encenava a Paixão de Cristo.  A selva agradece se ela nunca mais pisar aqui…

2o – Disco? Sério isso, Susana? Alguém teve o desprazer de ver essa senhora cantando no Faustão? Não vou adicionar aqui, porque de baixa nesse blog já basta eu, que tenho 1.54, mas quem quiser fazer os ouvidos doerem e os olhos arderem com a pagação de peitinho, vai nesse site aqui ó.

Não vou nem falar das fotos photoshopadas, porque isso foi vergonha alheia em 2009, mas entra na conta dela.

Muita vergonha alheia dela. :p

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário

Em 2010 eu quis matar…

… a hipocrisia e a falsidade.

Vou contar uma historinha. Era uma vez uma moça que era casada/enrolada com um sujeito que ela amava mais que tudo. Um dia (entre vários outros dias semelhantes) , esse casal vai a uma festa na cidade do rapaz. Eles se divertem muito, bebem um bocado e a moça pede pra voltar pra casa, porque já estava no seu limite. O rapaz, muito gentil, leva ela pra sua casa e dá um beijinho de boa noite, coroando uma noite perfeita. Com a anuência da companheira, feliz que ela estava com seu adorado, ele volta para a festa. Lá, ele descaradamente fica com outra moça, irmã de seu melhor amigo. A protagonista da nossa história, que dormiu o sonos dos anjos, acorda feliz como passarinho, sem saber de nada do que havia acontecido. Alguns dias depois um “amigo” deixa uma mensagem delicada no orkut dela (“Encheu a cara e levou gaia”).  esse curioso homem foi o único a falar sobre o assunto, apesar de ser tema conhecido por todos da turma de amigos.

Os anos passam e a mocinha percebe que esse relacionamento basta. Casa de novo, muda de vida, vive uma vidinha feliz. Eis que a história se repete, dessa vez com outro casal, um tanto mais histérico e menos controlado. Ambos bêbados de cair, o rapaz é arrastado pra casa pelos amigos, a mulher sai da festa e é vista por pessoas que estavam na festa, que a chamam  pelo singelo nome de galinha. A moça, cara de pau, ainda volta na festa, onde recebe sermão, dedos apontados na cara e é convidada a se retirar do recinto.

Sabendo que se trata da mesma turma, me digam, o que mudou?

Publicado em Meme das Antigas | Deixe um comentário