Em 2010 eu pensei em fugir para…

…um vilarejo.

Um lugar para plantar, colher, deixar as crianças serem livres e fugir do consumismo. usar roupas de chita, viver lentamente, aproveitar o dia. Carpe diem total. Mas com internet banda larga, é claro.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s