Meu livro favorito em 2010

É vergonhoso, eu sei. Mas o fato é que não li nada de muito bom em 2010. É duas vezes vergonhoso se você souber que sou uma professora de Literatura. Vou ali me matar.

Para coisa não ficar muito feia, tem uns livros que não estou certa de ter lido em 2009 ou 2010, porque os adquiri no final do ano passado.

O primeiro foi “Henry e June”, de Anaïs Nin. É um trecho dos famosos diários da escritora. Gosto das ideias da moça, apesar das décadas que nos separam. O outro foi “1933 foi um ano ruim”, de Jonh Fante. Um bom livro, mas ainda prefiro “Pergunte ao pó”.

Acho que a reflexão de hoje valeu a pena para traçar metas para o ano que vem: menos leitura de livro ruim, menos internet e seriados, achar um tempo para ler coisas de fato boas, para que, ano que vem, no balanço anual, eu possa me sentir perdida em meio a ótimas opções de livros.

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura, Meme das Antigas, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Meu livro favorito em 2010

  1. Té P. disse:

    já li o da anaïs, gostei =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s